Liberdade para a juíza Afiuni


Petição em favor de juíza venezuelana

A Federação Latino-Americana de Magistrados (FLAM) divulgou declaração em apoio à juíza venezuelana María Lourdes Afiuni Mora, presa desde dezembro de 2009, por desagradar o governo de Hugo Chávez, que manda na Venezuela.

Na declaração, a FLAM exige a libertação imediata da juíza que foi presa em razão de suas atividades judicantes.

Em seu site, a brasileira AMB, que integra a FLAM, conclama a comunidade jurídica brasileira para que demonstre o seu repúdio à situação da juíza venezuelana assinando uma petição em favor de Afiuni. 

A petição pode ser assinada no site: http://www.fam.org.ar/peticion.asp

O manifesto da FLAM conta com o apoio da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Federação Argentina da Magistratura (FAM) e da União Internacional de Magistrados (UIM).

Segundo a FAM, “organismos Internacionales, organizaciones defensoras de los derechos humanos y el debido proceso, y la comunidad en general se incorporan a este movimiento internacional por la inmediata libertad de la juez MARIA LOURDES AFIUNI MORA, y por la Defensa de la Independencia Judicial en la hermana República Bolivariana de Venezuela“.

Escrevi sobre este tema em post de fev/2010: “CIDH decide contra Chávez“. Leia aqui.

Anúncios

Um comentário

  1. Vlad,

    Gostaria de saber seu posicionamento no caso dos NARDONI, acerca do protesto por um novo júri. Você se filia a corrente que pensa ter naturaza intertemporal penal ou puramente processual?

    Obrigada,

    Renata Guerra

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s